praia de copacabana no rio de janeiro praia de copacabana no rio de janeiro

Praia de Copacabana no Rio de Janeiro: uma das mais famosas do Brasil

7 minutos para ler

Considerada uma das queridinhas dos famosos, você não pode deixar de conhecer a Praia de Copacabana no Rio de Janeiro.

As terras brasileiras vão muito além de samba e futebol. Suas particularidades mais valiosas são, na verdade, a diversidade cultural e a natureza exuberante. Esta, inclusive, mostra-se presente a partir de distintas perspectivas.

Alguns focam nas belezas da fauna brasileira, com suas espécies curiosas e — infelizmente em sua maioria — com risco de extinção. Outros, por sua vez, preferem apreciar os detalhes da vegetação e da flora do Brasil, que também trazem um leque de opções que enchem os olhos de qualquer um.

No entanto, são as praias do litoral brasileiro que chamam a atenção dos turistas, independentemente de estilo de vida, gostos pessoais e idade. Uma delas é a Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Assim, ao longo deste artigo, explicaremos em mais detalhes sobre as praias de fama internacional do Brasil, apresentaremos a você o litoral da Cidade Maravilhosa e, é claro, traremos um pouco da história e das características da Praia de Copacabana. Confira o que preparamos!

Praias brasileiras de fama internacional

Com mais de 7.000 km de extensão e banhado pelo Oceano Atlântico, o litoral brasileiro se apresenta de diferentes formas. Em alguns pontos, traz o mar mais agitado e com ondas incríveis para os praticantes de esportes aquáticos; em outros, o mar revolto dá lugar a águas cristalinas e tranquilas.

Ao nordeste, Porto de Galinhas, por exemplo, em Ipojuca, é um espetáculo à parte. Trata-se de um dos destinos mais procurados pelos turistas que visitam o país, e da praia mais famosa do Estado de Pernambuco.

Com suas águas quase transparentes, as piscinas naturais de Porto de Galinhas estão em meio aos corais e mangues, onde é possível nadar com os peixes e ficar ainda mais próximo da natureza.

Maragogi, em Maceió, no Estado de Alagoas, é famosa por suas águas azuis e cristalinas, que formam piscinas naturais com peixes dourados e corais ao fundo. Estes podem ser observados de perto, em um mergulho de snorkel.

Mais ao sul, Jurerê Internacional, na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, tem uma atmosfera inovadora e de muita badalação. As águas límpidas, a areia grossa e os beach clubs pelos entornos da praia colaboram em número e grau para tamanha fama do lugar.

No Rio de Janeiro, na parte sudeste do Brasil, também encontramos diversas praias internacionalmente conhecidas, em especial pelos cenários únicos do litoral da cidade. Vamos conhecê-lo melhor? Acompanhe!

Litoral do Rio de Janeiro

Dividido em três grandes áreas (Região Metropolitana, Costa do Sol e Costa Verde), o litoral do Rio de Janeiro oferece praias para todos os estilos. De mar agitado a águas sossegadas, quem visita o estado certamente se apaixona pelo litoral e suas belezas naturais.

A Praia do Farol, em Arraial do Cabo, por exemplo, faz parte da área da Costa do Sol. O lugar tem mar azul, areias brancas e muitas dunas. A beleza é tanta que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) a classificou como umas das praias mais perfeitas do país.

Na Costa Verde, temos a Praia do Caxadaço (caixa de aço), na Ilha Grande. Com apenas 15 metros de extensão, é uma praia deserta, de águas calmas e cristalinas, mar esverdeado e areia fina.

Por outro lado, na Região Metropolitana, encontramos a Praia de Ipanema, que entrou para o ranking das 20 praias mais bonitas do mundo, de acordo com a Condé Nast Traveler. É, inclusive, uma das mais famosas do Rio.

Outro lugar paradisíaco dessa região é a Praia de Copacabana, sobre a qual falaremos mais detalhadamente no próximo tópico.

Praia de Copacabana

Considerada uma das praias mais emblemáticas do Brasil, a Praia de Copacabana é um dos grandes atrativos do Rio de Janeiro, não apenas por sua localização privilegiada, mas, também, por sua história.

De águas esverdeadas e frias, o lugar é tomado na alta temporada de verão por turistas e moradores. Contudo, poucos desses visitantes realmente conhecem o passado da Praia de Copacabana e suas curiosidades. Por isso, iremos nos aprofundar no assunto a partir de agora. Vejamos!

História e curiosidades

Para falar da história da Praia de Copacabana, precisamos citar o bairro que leva o mesmo nome. Aliás, a origem da nomenclatura é discutível, mas muitos se apegam à versão que faz referência à língua quíchua, em que o termo “copacabana” significa algo como “mirante do azul” ou “praia azul”.

Até final do século XIX, a região era de difícil acesso, sendo frequentada basicamente por pescadores locais e moradores que viviam em seus sítios. As coisas mudaram com a inauguração do Túnel Alaor Prata ou Túnel Velho, que trouxe maior integração entre o bairro e outras localidades.

Em 1906, outro fator contribuiu para melhorar a imagem de Copacabana: a construção do famoso calçadão. Cerca de 20 anos depois, veio a inauguração do Hotel Copacabana Palace, que modificou a estrutura turística da região.

Em 1922, um ano antes do hotel abrir as portas, aconteceu a Revolta dos 18, um dos eventos mais marcantes do Brasil. Militares marcharam ao longo da extensão de toda a praia com o intuito de derrubar a velha República e dar início a uma nova democracia.

Nesse meio tempo, foi regulamentado o funcionamento dos balneários, o que permitiu o banho de mar da população em horários e dias específicos.

Com a chegada de novos moradores e a popularização da Praia de Copacabana no século XX, o espaço de areia foi ampliado para que houvesse maior espaço de lazer e para impedir que o mar invadisse as casas.

Estrutura e atrativos

a praia de copacabana no rio de janeiro tem um dos reveillons mais famosos do mundo

A “Princesinha do Mar”, como também é chamada a Praia de Copacabana, é mundialmente conhecida por seus grandes eventos, com destaque para a festa da virada, que atrai mais de três milhões de pessoas todo final de ano.

Para se ter uma ideia, na virada de 2019 para 2020, foram 10 balsas, 16,9 toneladas de fogos de artifício e 14 minutos de espetáculo, o qual foi transmitido nos sete telões espalhados pela praia.

A fama de Copacabana é sustentada, ainda, pelos diversos quiosques ao longo da orla, pelo patrulhamento constante e pela presença de duchas e sanitários para atender às necessidades dos visitantes.

No local é possível encontrar produtos de diferentes espécies sendo vendidos na areia da praia, como para alimentação, esportes e objetos pessoais.

Ademais, há o Copacabana Palace, que apesar de ter sido construído objetivando os jogos de cassino, transformou-se em um ícone glamouroso da Cidade Maravilhosa e recebe famosos do mundo inteiro. Afinal, está situado na Avenida Atlântica, com acomodações de frente para o mar.

Proximidade com a Grande Tijuca

Uma questão interessante é que a distância da Grande Tijuca até a Praia de Copacabana é de apenas 14,7 km. A vantagem é que a região é uma das mais conceituadas do Rio de Janeiro, principalmente pela qualidade de vida.

A Grande Tijuca envolve bairros como Tijucas e Maracanã, que também são famosos por seus atrativos e garantem aos visitantes e moradores locais possibilidades infinitas para aproveitarem o melhor da cidade.

Partindo de Tijuca, por exemplo, deve-se pegar a Avenida Maracanã e o Túnel Antônio Rebouças, optando pelas ruas que chegarão até a Avenida Atlântica, onde está localizada a Praia de Copacabana.

Conheça de perto as belezas naturais da Cidade Maravilhosa

Ficou interessado em conhecer a Praia de Copacabana no Rio de Janeiro de pertinho? Aproveite a empolgação e confira outras praias próximas à Grande Tijuca, como Leblon e Arpoador, que possuem infraestruturas de primeira qualidade e garantem um pôr do sol de tirar o fôlego.

E se você gostou deste artigo, assine a nossa newsletter e fique por dentro dessas e outras dicas interessantes sobre o Rio de Janeiro e a Grande Tijuca.

Posts relacionados

Deixe um comentário